quinta-feira, 18 de novembro de 2010

VIVER DA OBRA OU VIVER NA OBRA?

No texto sagrado de 2 Tessalonicenses na capitulo 3 e versículo 8 esta escrito o seguinte. “nem, de graça, comemos o pão de homem algum, mas com trabalho e fadiga, trabalhando noite e dia, para não sermos pesados a nenhum de vos;”

Texto este que o Apostolo Paulo usa para exortar os irmãos de Tessalônica da necessidade do trabalho na vida do homem, e principalmente do homem cristão. Interessante é que eu já ouvi muitos dizendo que gostaria de ter o ministério igual ao de Paulo, só que o Apostolo deixou claro que trabalhava para não pesar em ninguém, todos sabemos que o Apostolo Paulo fabricava tendas, função esta que aprendeu com seu pai. Onde ele chegava para pregar o Evangelho do Senhor Jesus, ali ele montava ou fabricava suas tendas e as vendias para se manter. Não tem em nenhum lugar da bíblia e nem em nenhum relato histórico que Paulo tirava oferta a seu favor, muito menos passando envelope da benção ou coisa do gênero. O único momento que encontramos Paulo pedindo uma oferta foi para ajudar a igreja de Jerusalém.

Mas infelizmente nos dias atuais as nossas igrejas estão lotadas de obreiros, digo homens preguiçosos, sem coragem de trabalhar, uns mauricinhos, patricinhos, eu vou parar de ditar adjetivos para estes homens que se dizem pregadores, cantores ou coisa do gênero, senão eu peco! E Paulo nos orienta “ireis, mas não pequeis” (Ef 4.26), eu não pequei, mas to muito irado com estes que assim Agem.

Pregisoços que vivem de porta em porta pedindo oferta para sobreviver, pregam uma mensagem sem nada de Deus, e no final passa o envelope da prosperidade, e tem a coragem de lançar palavras de maldição contra quem não contribui com ele. A bíblia diz “vai ter com a formiga o preguiçoso” (PV 6.6).

Querido irmão, não caia nesta armadilha, você deve dizimar e oferta para a sua congregação, infelizmente tem muitos crentes que ao invés de abençoar seus pastores que sofre as aflições do evangelho, dão dinheiro para estes itinerantes preguiçosos.

Querido Pastor, não coloque suas ovelhas sobre o jugo destes pregadores de araque, muitos destes não tem nada de Cristão e se não se converter nem pro céu vai.

Um irmão chegou para outro irmão pedindo um ajuda, pois estava numa prova financeira, o irmão questionado tirou uma nota de cinqüenta reais e deu para o irmão que se dizia necessitado e lhe disse que ia orar pedindo a Deus que lhe abrisse uma porta de emprego, e o irmão pregador itinerante lhe respondeu, “não irmão, Deus me falou que não è pra eu trabalhar, Deus me disse que é pra eu viver da obra dele”.

Este alem de preguiçoso é mentiroso, pois na bíblia Deus ordena o homem trabalhar, e este trabalho seria com fadiga (Gn 3.19).

Tenho muitas vezes vergonha de dizer que sou um Pregador Evangelista, porque na grande maioria das vezes sou confundido como vagabundo.

Vamos ficar apercebidos para estes, pois estamos sendo enganados por alguns que se dizem homens de Deus quando na verdade não são estes são aqueles que falarão Senhor em teu nome fiz... E Jesus lhe responderá, apartai-vos de mim MALDITOS para o fogo eternos, pois não voz conheço (Mt 25.41).

Viver na obra e o que eu quero e recomendo, a serviço do Mestre Jesus, orando, buscado pregando e ganhando alma pra Jesus.

12 comentários:

  1. Parabéns pelo texto tão bem elaborado.

    ResponderExcluir
  2. este artigo é sem duvida muito polemico, mas necessario pois retrata a crise de identidade ministerial que existe entre muitos pregadores.
    espero em Deus que voce nunca se contamine com as maneiras em que grande maioria esta seguindo.

    ResponderExcluir
  3. olá zaqueu parabéns pelo texto muito bem eleborado, nos tempos atuais estamos presenciando muitas coisas estranhas no nosso meio,a pirataria que antes era somente de produtos agora esta chegando no evangelho do nosso SENHOR JESUS,homens gananciosos e preguiçosos intitulando-se pregadores,em busca de vida fácil parece que eles não leem a bíblia...

    ResponderExcluir
  4. Caro colega de ministério, Pr. Zaqueu Martins,

    O que será que leva um homem a abandonar a ordem de Deus de que o homem deve trabalhar e inventar essas inúmeras histórias que já vimos e ouvimos contar?
    Eu defino isso com uma palavra: pecado! O homem que falar quando o Senhor não falou deve ser morto. Esses não irão muito adiante. Seu fim é triste. É preguiça incubada. Precisa de tratamento.
    Que Deus nos dê coragem para trabalhar e com intrepidez, sem ser pesado a ninguém, pregar o seu evangelho a todos. Nem viver na Obra menos ainda da Obra, mas viver pela Obra.
    Paz!

    ResponderExcluir
  5. Pela obra define melhor o que realmente que Cristo Jesus quer de nos, uma vida dedicada ao Mestre. sei que isso nao é aceito por muitos, mas acredito que é o caminho para uma carreira Ministerial de muito sucesso. Que o Senhor Jesus continue te Abençoando.

    ResponderExcluir
  6. Querido pasto da próxima vez que você for elabora um texto desses, por favou não site apenas texto isolados pois você diz ser teólogo e como teólogo você mais que ninguém sabe que texto sem contexto e pretexto para heresia, e aqueles que se deixam levar pela ignorância ainda batem palmas para uma suposta verdade dessa isoladas em texto (Biblicos) Examinais as Escrituras, porque vós cuidais ter nelas a vida eterna, e são elas que de mim testificam; jo 5,39
    Meus irmãos vocês sabem o que examinar? (Pesquisar busca analisar) meu povo erra por falta de conhecimento dize Jesus. Concordo com você que as igrejas pelo mundo afora estão chias de vagabundos preguiçosos que querem viver da obra porque não tem coragem de trabalhar concordo.
    Porém o texto que você citou tem é existem contextos que devem ser anualizados, só lembrado que eu não vivo da obra trabalho pra sustentar minha família. Trabalho ate mesmo quando estou fora da empresa.
    Vamos ao texto 2 Tessalonicenses na capitulo 3 e versículo 8 esta escrito o seguinte. “nem, de graça, comemos o pão de homem algum, mas com trabalho e fadiga, trabalhando noite e dia, para não sermos pesados a nenhum de vos;”
    Agora contexto: 1 Não sou eu apóstolo? Não sou livre? Não vi eu a Jesus Cristo, Senhor nosso? Não sois vós as minhas obra no Senhor? 2 Se eu não sou apóstolo para os outros, ao menos o sou para vós; porque vós sois o selo do meu apostolado no Senhor. 3 Esta é a minha defesa para com os que me condenam. 4 Não temos nós direito de comer e de beber? 5 Não temos nós direito de levar conosco uma mulher irmã, como também os demais apóstolos, e os irmãos do Senhor, e Cefas? 6 Ou só eu e Barnabé não temos direito de deixar de trabalhar? Presb: guarai (Paulo esta dizendo aqui que ele como apostolo tem direito a tudo isso a´te se quiser deixa de trabalhar) 7Quem jamais milita à sua própria custa? Quem planta a vinha e não come do seu fruto? Ou quem apascenta o gado e não come do leite do gado? 8Digo eu isso segundo os homens? Ou não diz a lei também o mesmo? 9 Porque na lei de Moisés está escrito: Não atarás a boca ao boi que trilha o grão. Porventura, tem Deus cuidado dos bois? 10 Ou não o diz certamente por nós? Certamente que por nós está escrito; porque o que lavra deve lavrar com esperança, e o que debulha deve debulhar com esperança de ser participante. 11 Se nós vos semeamos as coisas espirituais, será muito que de vós recolhamos as carnais? 12 Se outros participam deste poder sobre vós, por que não, mais justamente, nós? Mas nós não usamos deste direito;( Presb: guarai) ( Paulo tem como Aposto o direito de não trabalhar porém ele abre mão disso e preferi trabalhar) antes, suportamos tudo, para não pormos impedimento algum ao evangelho de Cristo. 13Não sabeis vós que os que administram o que é sagrado comem do que é do templo? E que os que de contínuo estão junto ao altar participam do altar? 14Assim ordenou também o Senhor aos que anunciam o evangelho, que vivam do evangelho. ( o próprio jesus disse isso você querido irmão há de concorda comigo existem pessoas que são chamadas por Deus pra viver na obra dele, são pessoas que de fato dão avida pela obra, mais nem todos tem esse chamado, talvez você eu não temos esse chamado, e tem muito vagabundo nas igrejas que querem viver assim por pura preguiça. Há outros texto que eu poderia falar aqui porem acredito que os irmão iram estudar.
    Querido irmão da próxima vez elabore um texto mais teológico pra não se tonar heresias. Ass: Presb; guarai paz e graça.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. tem muitos obreiros que trabalham por amor a obra de Deus e não ganham valor nenhum para isso, será que essas pessoas são vagabundos preguiçosos?
      não é o que entra pela boca que contamina o homem e sim o que sai dela

      Excluir
    2. Entendi a sua posição, mas creio eu, que o pastor Zaquel falou sobre esses que pedem ofertas para si, cobram rios de dinheiro para se pregar a palavra. Pois na época que eu era criança, há uns vinte anos atrás, vinham missionários de muito longe pregar na igreja da minha avó, só que eles nao cobravam dinheiro! Nunca! Eles se hospedavam na casa de meus avós, ali eles comiam e bebiam juntos, até eles irem pra outras igrejas e ficarem na casa de outros que os hospedavam. Não ficavam em hotéis e nem cobravam três mil reais por uma palavra pregada. Viver da obra, é viver do que te oferecem e não do que vc pede!

      Excluir
    3. Entendi a sua posição, mas creio eu, que o pastor Zaquel falou sobre esses que pedem ofertas para si, cobram rios de dinheiro para se pregar a palavra. Pois na época que eu era criança, há uns vinte anos atrás, vinham missionários de muito longe pregar na igreja da minha avó, só que eles nao cobravam dinheiro! Nunca! Eles se hospedavam na casa de meus avós, ali eles comiam e bebiam juntos, até eles irem pra outras igrejas e ficarem na casa de outros que os hospedavam. Não ficavam em hotéis e nem cobravam três mil reais por uma palavra pregada. Viver da obra, é viver do que te oferecem e não do que vc pede!

      Excluir
  7. Então sr teólogo que se acha o dono da verdade,pega Lucas cap 8 vs 1 ao 3 e rasga,ali algumas mulheres ricas assistiam as necessidades de Jesus e dos discípulos.em Lucas 10 7,Jesus ordenou aos discípulos p permenecerem na mesma casa comendo e bebendo.Paulo em 2 cor 11 do v 7 ao 9,confirma que as igrejas lhe oferecia salario,e os irmãos da macedônia supriram oque lhe faltava.em gálatas 6 v 6,Paulo manda o instruído repartir com o que o instrui.a questão é que alguns deus tem prosperado tanto que fazem a obra e podem banca la.é uma questão de chamado,muitos se chamam,outros Deus chama.max

    ResponderExcluir
  8. O Apostolo Paulo quiz dizer que aquele que é chamado para pregar o Evangelho diante das Escrituras tinha o direito de receber por isto,mas deixa bem claro que ele abdicou disto,para não ser pesado pelo povo.
    Não quiz de forma alguma receber criticas de ninguém,por isso preferiu trabalhar em seu ofício e o restante,o Senhor enviava a provisão

    ResponderExcluir